Feeds:
Posts
Comentários

“Hollywood Tonight”  já foi distribuído para ás rádios brasileiras.

Agora são os fãs que tem que colocar a música no topo das paradas.

Fonte: MJBeats 

Mês de junho será todo dedicado ao Rei do Pop

Dia 25 de junho completam-se 2 anos da morte de Michael Jackson. E é por isso que o mês de junho no Multishow será todo em homenagem ao Rei do Pop. Programas sobre o cantor de segunda à sexta, e o dia 25 inteiro só falando do ídolo. Confira o que vai rolar:

30/05 – A trajetória de Michael Jackson – Parte 1

31/05 – A trajetória de Michael Jackson – Parte 2

O documentário faz uma abordagem desde sua infância até a consagração, passando pelos escândalos envolvendo o ídolo. O programa apresenta imagens raras, como gravações caseiras do JACKSON 5, além de depoimentos de parentes e amigos como Lisa Minelli, Smokey Robinson e Quincy Jones.

01/06 – Michael Jackson: History the King of Pop

Recheado de imagens de arquivo, o documentário mostra os altos e baixos da carreira de Michael Jackson e seus relacionamentos com Elizabeth Taylor, Lisa Marie Presley, Lady Di e outras personalidades

02/06 – A Biografia de Michael – Parte 1
03/06 – A Biografia de Michael – Parte 2

O foco da biografia é em cima das principais realizações de Michael Jackson como artista e sua influência na cultura POP. Tendo como base a morte súbita do cantor, o programa conta com depoimentos de familiares, amigos e outras celebridades, que comentam sobre a importância dele para o mundo da música.

06/06 – Os Sucessos de MJ – Parte 1
07/06 – Os Sucessos de MJ – Parte 2

Jornada pela música de Michael Jackson por meio de performances antigas, restauradas digitalmente, cenas de bastidores e clipes, intercalados com depoimentos de Missy Elliott, Shaggy, Beyoncé, Quincy Jones e Jennifer Lopez.

08/06 – Michael Jackson King of Pop – The Brazilian Collection – Parte 1
09/06 – Michael Jackson King of Pop – The Brazilian Collection – Parte 2

Confira a história das 14 músicas escolhidas através de votação na internet para a coletânea “Michael Jackson King Of Pop – Brazil Collection”. Comentários: Edgard Piccoli, João Macelo Bôscolli e Tom Leão.

10/06 – The Trial of Michael Jackson

Em 2005, Michael Jackson foi ao tribunal por assédio sexual de menores de idade e seu julgamento foi o mais assistido em todo o mundo. O documentário explora a relação dos fans com Michael e como a mídia cobriu o julgamento.

13/06 – History World Tour – Parte 1
14/06 – History World Tour – Parte 2
15/06 – History World Tour – Parte 3
16/06 – History World Tour – Parte 4
17/06 – History World Tour – Parte 5

Apresentação de Michael Jackson no Estádio Olímpico De Munique, na Alemanha, em julho de 1997, para 70 mil pessoas, durante a turnê promocional do álbum “History”.

20/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration- Parte 1
21/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration – Parte 2
22/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration – Parte 3

Show de celebração dos 30 anos de carreira do Rei Do Pop com diversas participações especiais

23/06 – Michael Jackson Death of an Icon – Parte 1
24/06 – Michael Jackson Death of an Icon – Parte 2

O programa aborda o impacto da morte de Michael Jackson sobre fãs e personalidades e todas as circunstâncias que envolvem sua morte, incluindo a investigação criminal que sucedeu ao trágico acontecimento e questões relacionadas à sua herança e aos cuidados dos filhos.

27/06 – Michael Jackson: Tributo – Parte 1
28/06 – Michael Jackson: Tributo – Parte 2

Biografia não autorizada do cantor. O documentário mostra a sua influência no mundo da música e faz uma retrospectiva sobre a importância dos trabalhos realizados pelo cantor nas comunidades carentes.

29/06 – O Legado de Michael Jackson – Parte 1
30/06 – O Legado de Michael Jackson – Parte 2

Programação especial dia 25 de junho

10h e 19h – TVZ Especial
12h – 
As 5 mais votadas no Site
12h30 – 
Os Sucessos de MJ
13h30 – 
Michael Jackson Death of an Icon
14h30 – 
Michael Jackson: History the King of Pop
15h – 
Michael Jackson: Tributo
16h – 
A Trajetória de Michael Jackson
17h – 
Michael Jackson History World
21h30 – 
Living with Michael Jackson
22h30 – 
Michael Jackson Tribute Show by Ne-Yo
23h30 – 
Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration   

Fonte: Multishow

O médico de Las Vegas que administrou as drogas a Michael Jackson em 2008 foi ordenado contra a sua vontade para testemunhar pela justiça.

Murray se declarou inocente de acusações de que ele administrou a dose fatal do anestésico Propofol, em junho de 2009.

Sua equipe de defesa se ​​prepara para o julgamento em setembro e seus advogados já garantiram o depoimento do anestesista Dr. David Adams. O médico tratou de Jackson em 2008 e deu ao cantor Propofol em quatro ocasiões distintas.

Os advogados de defesa estão trabalhando com Adams para que ele possa prestar depoimento sobre o astro desde “o comportamento e as reações, enquanto sob a droga e também a forma como ele respondeu com a administração da droga”, segundo documentos obtidos no tribunal pelo Tmz.

Adams vinha batalhando contra o pedido para prestar depoimento, alegando que ele é uma pessoa discreta, e que já perdeu clientes desde que o seu nome está relacionado com o caso de grande repercussão.

Seu argumento foi rejeitado -, durante uma audiência em abril, um juiz de Las Vegas decidiu a favor da equipe de defesa para chamar o anestesista para depor, pois “poderia ser relevante e significativo” para o caso.

Veja o documento completo aqui.

Com Katherine Jackson reabrindo o debate sobre a relação de Michael Jackson com crianças em sua recente entrevista, onde ela afirma que ele nunca abusou de menores, uma fonte bem posicionada do governo disse ao RadarOnline que ela está certa.

“O Departamento de Serviços a Família e Menores de Los Angeles ( DCFS ) está totalmente de acordo com Katherine, o seu filho nunca abusou de nenhum menor nos casos que o departamento investigou”, disse uma fonte ao jornal.

Michael foi investigado pelo departamento durante ao menos 10 anos. O Departamento realizaou a primeira investigação extensa sobre as acusações feitas por um menor em 1993.

“Michael cooperou plenamente durante toda investigação do departamento”, disse a fonte. “Michael foi entrevistado durante horas sem seu advogado. Não voltou atrás. Não podia entender por que lhe haviam feito essas acusações. O departamento o absolveu de qualquer ato em todas as investigações”.

A fonte também disse que Michael teve um tratamento como uma pessoa normal durante o interrogatório, afirmando que o interrogaram muito duramente, mas ele simplesmente não conseguia aceitar que alguém pudesse lhe acusar de abusar um garoto.

O outro acusador em 2005, “não tinha absolutamente nenhuma credibilidade”, contou. “O acusador e sua família entravam em contradição e contavam diferentes histórias sobre o que já havia sido alegado”.

“Katherine foi questionada por funcionários do departamento e, como sempre, ela estava triste, mas cooperando”, disse a fonte. “Katherine sente que sua família tem sido alvo de oportunistas ao longo dos anos, e ela só espera que essa foi a última vez que ela tem que passar por isso.”

O mais recente single de Chris Brown, “She Ain’t You”, usa samples de “Human Nature” de Michael Jackson.

No começo do clipe dirigido por Colin Tilley, está escrito:  “Dedicado a minha maior inspiração de todos os tempos. Eu te amo. R.I.P. Michael Jackson” .

Mas ele também presta homenagem ao Rei, em outras formas mais sutis, usando um terno branco, um  fedora preto e  fazendo alguns movimentos de Michael.

Confira o vídeo abaixo:

O juiz adiou o julgamento do médico acusado de morte de Michael Jackson para dar tempo para que os advogados de defesa enfrentem os novos peritos da acusação.

O juiz Michael Pastor na segunda-feira adiou a abertura das declarações que tinha sido fixado para a próxima semana e diz que vai liberar potenciais jurados que tenham iniciado o processo de seleção.

Pastor diz agora que a escolha do júri terá início em 08 de setembro e as declarações de abertura começará no final desse mês.

O Advogado de defesa do Dr. Conrad Murray, Ed Chernoff, disse ao juiz que o cardiologista baseada em Houston tinha concordado com o adiamento do processo.

Chernoff na sexta-feira disse que o adiamento era para poder enfrentar os especialistas recém-divulgados que um promotor de justiça disse que apoiaria a “pedra fundamental” do seu caso.

Murray não se declarou culpado de homicídio involuntário. Autoridades acusaram-no de ter dado a Michael uma dose letal do anestésico propofol.

%d blogueiros gostam disto: