Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Anúncio

Em uma nova fase, ontem anunciamos junto com o MJNewsAlerts nossa parceria.

Agora fazemos parte da equipe do site http://www.mjnewsalerts.com/

Continuaremos postando notícias sobre o nosso querido Michael Jackson em um novo endereço: http://brasil.mjnewsalerts.com/  

Todas ás notícias serão postadas em português.

Á todos que sempre estiveram por aqui e nos apoiaram muito obrigado, vocês também são o motivo desta mudança.

Contamos com o apoio de todos os fãs brasileiros de Michael para divulgar esse espaço e tornarmos o site o maior do Brasil feito por fãs para os fãs de Michael Jackson.

MJNews Brasil

Anúncios

Read Full Post »

Ao som de “Billie Jean”,o alemão naturalizado ganês Kevin-Prince Boateng e meia do Milan, mostrou habilidade com os passos de Michael Jackson. Teve até o famoso “Moonwalker”, marca do cantor. O jogador, que disputou a última Copa do Mundo pela seleção africana, estava inclusive vestido como o “Rei do Pop”.

Read Full Post »

Mês de junho será todo dedicado ao Rei do Pop

Dia 25 de junho completam-se 2 anos da morte de Michael Jackson. E é por isso que o mês de junho no Multishow será todo em homenagem ao Rei do Pop. Programas sobre o cantor de segunda à sexta, e o dia 25 inteiro só falando do ídolo. Confira o que vai rolar:

30/05 – A trajetória de Michael Jackson – Parte 1

31/05 – A trajetória de Michael Jackson – Parte 2

O documentário faz uma abordagem desde sua infância até a consagração, passando pelos escândalos envolvendo o ídolo. O programa apresenta imagens raras, como gravações caseiras do JACKSON 5, além de depoimentos de parentes e amigos como Lisa Minelli, Smokey Robinson e Quincy Jones.

01/06 – Michael Jackson: History the King of Pop

Recheado de imagens de arquivo, o documentário mostra os altos e baixos da carreira de Michael Jackson e seus relacionamentos com Elizabeth Taylor, Lisa Marie Presley, Lady Di e outras personalidades

02/06 – A Biografia de Michael – Parte 1
03/06 – A Biografia de Michael – Parte 2

O foco da biografia é em cima das principais realizações de Michael Jackson como artista e sua influência na cultura POP. Tendo como base a morte súbita do cantor, o programa conta com depoimentos de familiares, amigos e outras celebridades, que comentam sobre a importância dele para o mundo da música.

06/06 – Os Sucessos de MJ – Parte 1
07/06 – Os Sucessos de MJ – Parte 2

Jornada pela música de Michael Jackson por meio de performances antigas, restauradas digitalmente, cenas de bastidores e clipes, intercalados com depoimentos de Missy Elliott, Shaggy, Beyoncé, Quincy Jones e Jennifer Lopez.

08/06 – Michael Jackson King of Pop – The Brazilian Collection – Parte 1
09/06 – Michael Jackson King of Pop – The Brazilian Collection – Parte 2

Confira a história das 14 músicas escolhidas através de votação na internet para a coletânea “Michael Jackson King Of Pop – Brazil Collection”. Comentários: Edgard Piccoli, João Macelo Bôscolli e Tom Leão.

10/06 – The Trial of Michael Jackson

Em 2005, Michael Jackson foi ao tribunal por assédio sexual de menores de idade e seu julgamento foi o mais assistido em todo o mundo. O documentário explora a relação dos fans com Michael e como a mídia cobriu o julgamento.

13/06 – History World Tour – Parte 1
14/06 – History World Tour – Parte 2
15/06 – History World Tour – Parte 3
16/06 – History World Tour – Parte 4
17/06 – History World Tour – Parte 5

Apresentação de Michael Jackson no Estádio Olímpico De Munique, na Alemanha, em julho de 1997, para 70 mil pessoas, durante a turnê promocional do álbum “History”.

20/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration- Parte 1
21/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration – Parte 2
22/06 – Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration – Parte 3

Show de celebração dos 30 anos de carreira do Rei Do Pop com diversas participações especiais

23/06 – Michael Jackson Death of an Icon – Parte 1
24/06 – Michael Jackson Death of an Icon – Parte 2

O programa aborda o impacto da morte de Michael Jackson sobre fãs e personalidades e todas as circunstâncias que envolvem sua morte, incluindo a investigação criminal que sucedeu ao trágico acontecimento e questões relacionadas à sua herança e aos cuidados dos filhos.

27/06 – Michael Jackson: Tributo – Parte 1
28/06 – Michael Jackson: Tributo – Parte 2

Biografia não autorizada do cantor. O documentário mostra a sua influência no mundo da música e faz uma retrospectiva sobre a importância dos trabalhos realizados pelo cantor nas comunidades carentes.

29/06 – O Legado de Michael Jackson – Parte 1
30/06 – O Legado de Michael Jackson – Parte 2

Programação especial dia 25 de junho

10h e 19h – TVZ Especial
12h – 
As 5 mais votadas no Site
12h30 – 
Os Sucessos de MJ
13h30 – 
Michael Jackson Death of an Icon
14h30 – 
Michael Jackson: History the King of Pop
15h – 
Michael Jackson: Tributo
16h – 
A Trajetória de Michael Jackson
17h – 
Michael Jackson History World
21h30 – 
Living with Michael Jackson
22h30 – 
Michael Jackson Tribute Show by Ne-Yo
23h30 – 
Michael Jackson: 30th Anniversary Celebration   

Fonte: Multishow

Read Full Post »

O mais recente single de Chris Brown, “She Ain’t You”, usa samples de “Human Nature” de Michael Jackson.

No começo do clipe dirigido por Colin Tilley, está escrito:  “Dedicado a minha maior inspiração de todos os tempos. Eu te amo. R.I.P. Michael Jackson” .

Mas ele também presta homenagem ao Rei, em outras formas mais sutis, usando um terno branco, um  fedora preto e  fazendo alguns movimentos de Michael.

Confira o vídeo abaixo:

Read Full Post »

 A euforia de curta duração

Vários outros particulares da Alemanha investiu também, e a empresa de Jackson, Triumph, teria recebido milhões de dólares através do acordo de licenciamento. A estrela estava profundamente endividada e certamente poderia ter usado o dinheiro na época. Parece, porém, que todo o negócio dos direitos de autor nunca foi realizado inteiramente. Network, uma empresa americana, alegou direitos semelhantes – aparentemente Jackson tinha vendido os seus direitos, pelo menos, duas vezes.

“Bachus e Wiesner manteviveram dificuldades com o acordo de licenciamento com nós por um longo tempo”, diz Landefeld. Em vez de informara Landefeld dos problemas, Wiesner, agora um membro do conselho do MJ Net, organizou uma reunião entre ele e Jackson na suite do hotel Waldorf Astoria, em Londres, na Primavera de 2002. “A estrela pop entrou sem maquiagem, em seu roupão de banho,” Landefeld lembra. “Ele comeu um croissant e Wiesner o abraçou como um velho amigo.” O empresário, cuja especialidade é a segurança de computadores, não o show business, ficou aliviado, imaginando que isso significava que o seu dinheiro estava seguro e Wiesner realmente tinha a confiança da estrela.

Essa euforia durou pouco. MJ Net teve de ser dissolvido em 2004, e a corte distrital de Frankfurt se recusou a abrir um processo de insolvência contra a empresa devido à falta de recursos suficientes. A empresa havia feito apenas 871 € (1,270 dólares) em receitas em 2002, de acordo com uma revisão de insolvência por um especialista.

As pessoas lesadas na Alemanha não estavam dispostas a deixar por isso mesmo, no entanto. Um deles apresentou acusações contra Wiesner e seus colegas em 2005, por fraude atrasando o processo de insolvência. Os tribunais não foram capazes de verificar se a fraude ocorreu, mas em janeiro de 2007, Wiesner foi condenado a uma multa de € 25 (euros) por dia por 90 dias, por atrasar o processo de insolvência.

Um acordo confidencial

É improvável que a multa causou a Wiesner, muitas noites sem dormir. Depois que Jackson o demitiu como um conselheiro, Wiesner processou o músico e sua empresa Triumph em um tribunal de Los Angeles, afirmando o seu direito à compensação pelo trabalho não remunerado realizado em seu papel como gestor e calculou que a estrela pop recebeu um total de US $ 9 milhões da MJ Net sob falsos pretextos. Na declaração do seu crédito, Wiesner afirmou que a MJ Net tinha vendido todos os direitos, títulos e partes do contrato com Jackson para ele antes de o processo ser arquivado.

Para resolver a questão, ambas as partes assinaram um acordo confidencial e uma declaração mútua, não revelados ao público, em 14 de setembro de 2007. Com sua assinatura, Jackson concordou em pagar Wiesner um total de 3,48 milhões dólares.

Mas as disputas sobre o dinheiro da popstar começou para valer após a morte do cantor – Michael Jackson é um dos artistas falecidos mais lucrativos na história da música pop, perdendo apenas para Elvis Presley e John Lennon, talvez. Os dois executores de sua propriedade oficialmente ganharam 310 milhões dólares até o final de 2010, a Sony pagou US $ 250 milhões pelo direito de divulgar vários novos álbuns do rei do pop nos próximos anos. Mais de 31 milhões de registros de músicas do conator foram vendidos nos 12 meses seguintes à sua morte.

A questão das dívidas de Michael Jackson, no valor de mais de US $ 400 milhões, não foi totalmente resolvida. O artista mal tinha perdido a noção da situação até ao final de sua vida. Ao final de 2010, um total de US $ 159 milhões haviam ido em direção a resolução de algumas das suas dívidas e uma herança para os três filhos de Jackson e sua mãe Katherine, que agora os está criando.

Investigações em curso

Os investidores alemães não tinham conhecimento do negócio confidencial de Wiesner até depois da morte do cantor. “Como um dos principais acionistas da MJ Net AG, nunca ouvi falar ou autorizar a renunciar ao direito”, diz Landefeld. Estes direitos foram, de fato, apenas os ativos da empresa, acrescenta.

Landefeld pressionou acusações de fraude contra Wiesner e Bachus através do Ministério Público de Frankfurt e no curso do processo foi capaz de ver a sua ficha criminal do ex-sócio. Isso mostra que Wiesner havia sido condenado não apenas no processo de atrasar a insolvência, mas também outros encargos, incluindo fraude e evasão fiscais. “Nossas investigações estão ainda em curso”, afirma o promotor público Frankfurt, encarregado do caso atual. O tribunal está a analisar a possibilidade de solicitar a assistência jurídica dos EUA ou entregar o processo aos americanos inteiramente, por causa de falsas evidências dadas por Wiesner.

O próprio Wiesner prefere não comentar as alegações. Primeiro, ele precisa viajar ao exterior, disse em uma curta conversa telefónica, há algumas semanas. Seu advogado afirma que o acordo confidencial com Jackson não afeta os direitos da MJ Net. “Sr. Landefeld não se restringe em seus direitos ou sua implementação” e, portanto, não há base para suas queixas legais, de acordo com o advogado. Na sua ação judicial contra Jackson, no entanto, Wiesner afirmou o contrário: Ele disse que a MJ Net vendeu, abandonou e conferiu todos os direitos, títulos e partes do acordo de Wiesner antes de acertar tudo.

Bachus, ex-presidente do conselho da MJ Net AG, também se recusou a comentar sobre esta história ,“já que um processo judicial ainda está pendente.” Bachus entrou com uma ação por US $ 5 milhões contra os executores de Jackson em Los Angeles em março de 2010. Parece que a receita criada nos EUA pela morte trágica de Michael Jackson não vai deixá-lo descansar também.

“Os direitos de licenciamento pago por nós estão sendo injustamente explorados uma segunda vez“, Landefeld acredita.

Fonte: Spiegel OnLine

Read Full Post »

No site de Dieter Wiesner, Michael Jackson parece tão cheio de vida como sempre. Um monte de fotos coloridas mostram o cantor ao lado dele. “Wiesner trabalhou com Jackson em a maioria de todos os seus shows e em 2002 … tornou-se gerente pessoal de Michael Jackson”, diz online.

“Eu cuidei de tudo para Michael”, Wiesner diz hoje. “Nós não eramos apenas parceiros de negócios, fomos também muito, muito bons amigos.” O gerente de música diz que vivia em sua própria casa de hóspedes no rancho Neverland de Michael Jackson, perto de um comboio infantil.

Marca Global de Jackson

O Ministério Público de Frankfurt, por sua vez, está investigando Wiesner. Um ex-parceiro alemão de negócios alega que Wiesner traiu seu amigo célebre , e acima de tudo, o próprio parceiro de negócios. Ele alega que Wiesner ilegalmente adquiriu direitos sobre a marca global de Michael Jackson, há uma década atrás pela empresa alemã MJ Net AG.

Wiesner conheceu Michael Jackson em 1994, quando ele recebeu o cantor se interessou por uma bebida energética com sabor pêssego chamada “MJ Mystery Drink”. O gerente de música rapidamente conseguiu se aproximar da estrela , que estava cada vez mais conhecido por estar sofrendo de doenças e abuso de drogas de prescrição. Wiesner, eventualmente, tornou-se gerente de Michael Jackson.

Em 30 de setembro de 2000, a empresa com sede em Frankfurt MJ Net Entertainment conseguiu obter um acordo de licenciamento com Jackson e sua empresa Triumph International, possivelmente através da intercessão de Wiesner. O artista, uma pessoa famosa na indústria do entretenimento, desejava produzir e negociar determinadas mercadorias que levavam o seu nome, seus símbolos, logotipos, marcas, desenhos e imagens ou fotografias dele, a introdução do contrato estipulava. MJ Net, como o titular da licença, o contrato continua, reteve o direito exclusivo e incondicional a entrar em contratos de terceiros relativos à produção ou questões relacionadas com produtos licenciados. Qualquer camiseta ou outros itens que ostentem a imagem do artista ganharia direitos de MJ Net e próprio Jackson, segundo o plano de negócios da empresa, era ter uma participação na empresa.

O acordo de licenciamento também atraiu o interesse na Net MJ do empresário da internet, o alemão Klaus Landefeld, 42, que logo descobriu que o contato com a empresa de Michael Jackson passou por Wiesner. Landefeld não podia acreditar em sua sorte quando Wiesner rapidamente obteve a aprovação da empresa de Jackson que, adicionalmente, permitindo permitido MJ Net, o uso global on-line do nome de Jackson. Landefeld deu à empresa um empréstimo e comprou um lote de acções da empresa a partir de Jürgen Bachus, presidente do conselho da MJ Net.

Read Full Post »

Rolling Stone recentemente perguntou a seus leitores quais seus vídeos de músicas favorito de todos os tempos.

Segundo a revista, “Thriller” de Michael Jackson é o #1 e é “tão icónico e influente que não é exatamente uma surpresa que ganhou nesta votação.
Muito mais do que o clipe de uma música, este mini-filme praticamente inventou o conceito do vídeo da música como um grande evento cultural.”

“É também o primeiro e único vídeo de música que foi introduzido pela Biblioteca do Congresso no National Film Registry, em uma coleção de elite de apenas algumas centenas de filmes. Confira “Thriller” na posição #1, junto com o resto do Top 10, na RollingStone.com.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: